Saiba tudo sobre o IPVA 2019

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2019 já está disponível para consulta e pagamento, o qual pode ser feito numa única parcela ou dividido em até três vezes. Saiba como consultar e como efetuar o pagamento.

Finanças
8 meses atrás
Saiba tudo sobre o IPVA 2019

Como e onde pagar

O pagamento do IPVA pode ser feito em toda rede bancária, seja pela internet ou diretamente na agência. Para isso basta informar o número do REANVAN do veículo, informação que consta no próprio documento.

Para realizar consulta o contribuinte pode acessar o site da Secretaria da Fazenda e com o número do RENAVAN e da placa saber quanto precisará pagar de imposto pelo veículo que possui.

Opções de pagamento

São três as opções de pagamento: parcela única COM desconto, parcela única SEM desconto e em três parcelas.

Para pagar com desconto de 3% sobre o valor do imposto o contribuinte deverá efetuar o pagamento até o vencimento em janeiro, o que varia de acordo com o final da placa (veja na tabela abaixo).

Passado o mês de janeiro o pagamento em parcela única já não terá mais o desconto, e o vencimento será para o mesmo dia mas do mês de fevereiro.

Caso o contribuinte opte por parcelar, obrigatoriamente terá que pagar a primeira parcela em janeiro, caso contrário só lhe restará a opção de pagar a parcela única em fevereiro.

Como é feito o cálculo do IPVA?

As alíquotas permanecem as mesmas dos anos anteriores, e dependem da categoria do veículo. Os veículos de passeio são taxados em 4% sobre o valor venal. Motocicletas, utilitários, ônibus, micro-ônibus, quadriciclos e similares são taxados em 2%. Por fim, caminhões são taxados em 1,5% sobre o valor venal (Tabela FIPE).

Exemplo: um carro no valor de 20 mil reais tem imposto a pagar no valor de R$ 800,00. A conta é simples: valor venal vezes 4%, ou seja, 20.000 x 0,04 = 800.

Multa para quem não paga ou atrasa o IPVA

A multa pelo atraso no pagamento do IPVA é de 0,33% por dia de atraso, sem falar no juros mora baseado na taxa Selic. Se o atraso chegar a 60 dias a multa se fixa em 20% sobre o valor do imposto.

Sem o pagamento do IPVA o veículo não recebe o licenciamento

Além da multa gerada pelo não pagamento do IPVA, o veículo ficará em situação irregular, pois não receberá o licenciamento. Caso o veículo seja parado nessas condições será apreendido, o condutor receberá multa e pontos na CNH.

E se o boleto não chegar?

O proprietário do veículo é responsável pelo pagamento do tributo, mesmo que o boleto não chegue à residência onde o veículo está cadastrado. Por isso, o acesso ao pagamento é amplamente facilitado.

A primeira opção é gerar o boleto no site da Secretaria da Fazenda, para o que é necessário apenas o número do RENAVAN e a placa do veículo. Outra opção é diretamente na agência bancária, apenas dom o número do RENAVAN.

DPVAT é obrigatório

O DPVAT é outra taxa cobrada dos proprietários de veículos e é obrigatória. O valor arrecadado é destinado a pessoas vítimas de acidentes de trânsito, para que elas recebam indenização pelos danos sofridos. Essa taxa anual é paga na mesma época do IPVA.

Os contribuintes do DPVAT terão direito, em caso de acidente, ao determinado valor que poderá ser utilizado para cuidadores profissionais, medicamentos e contas de hospitais.

Licenciamento 2019

Ainda não acabou, é preciso pagar pelo licenciamento do veículo anualmente. A taxa varia em cada Estado. Caso o motorista não pague a taxa, não será emitido o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e trafegar com ele será uma transgressão às normas de trânsito.

Esse documento – comumente chamado de “documento do carro” – serve para comprovar que todos os débitos do veículo estão em dia, tais como IPVA e DPVAT.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?