Quer mudar de carreira mas está com medo? Vamos te dar algumas dicas para ter sucesso nessa transição

A transição de carreira está cada vez mais frequente em nossos dias. Desde pessoas com empregos “clássicos” que ficaram desempregadas, até quem não se “encaixou” no que fazia antes e está querendo “mudar de vida”. Mas para isso dar certo, é preciso considerar algumas situações e fatores importantes. Acompanhe-nos nestas linhas e vamos te dar algumas dicas muito legais.

Trabalho
2 meses atrás
Quer mudar de carreira mas está com medo? Vamos te dar algumas dicas para ter sucesso nessa transição

O que é a transição de carreira?

A transição de carreira é a mudança que um profissional faz de uma determinada laboral ou profissão para uma outra. Durante a vida profissional é comum que a pessoa tenha vontade de mudar de área e fazer algo diferente.

Em alguns casos, a pessoa não tem opção senão começar por uma determinada profissão, mas sua meta já está posta em outra coisa lá na frente. Há situações, inclusive, que o profissional é obrigado a mudar para conseguir uma recolocação no mercado.

Outros ainda sempre quiseram seguir uma certa carreira, mas com o passar do tempo começam a questionar se é realmente aquilo que quer para o resto de sua vida. Esse momento exige muita reflexão e tranquilidade. Decisões precipitadas podem acabar em desastre.

As situações são as mais variadas. Mas o que nunca muda é a insegurança que a transição de carreira causa na pessoa. Não saber se a mudança vai dar certo, ou se vai ter meios de subsistência pelo tempo necessário, se conseguirá transpor os obstáculos, tudo isso pode inibir muita gente de sair da zona de “conforto”.

Principais motivadores da transição de carreira

Como dissemos acima, são muitos os motivos que podem levar uma pessoa a fazer uma transição de carreira. Mas alguns motivos são mais frequentes do que outros, pelo próprio desenrolar da vida no mundo moderno.

As demissões em massa e a consequente crise no mercado de trabalho é uma das mais frequentes motivações. Muitos profissionais, especialmente os que ocupam cargos mais altos, têm dificuldade de se manter no mercado de trabalho a partir de determinada idade. Gerações mais novas vão substituindo consecutivamente os mais antigos.

Com isso, o profissional é obrigado a se “reinventar”, como se costuma dizer, e desempenhar uma atividade profissional sobre a qual nunca tinha pensado em atuar antes do momento de crise.

Outra situação é daqueles profissionais cujas profissões deixam de existir. Com o contínuo e cada vez mais rápido crescimento da tecnologia, muitas atividades laborais ficaram obsoletas. Isso obrigou os que nelas atuavam a fazerem uma transição de carreira.

Mas existe também um outro motivo, e essa situação tem sido cada vez mais frequente, quando o profissional se cansou ou está insatisfeito com sua profissão atual. Dizemos que é cada vez mais frequente porque a tecnologia hoje oferece muito mais oportunidades de atuação ou de capacitação para diversas atividades. Assim, são muitos os que abandonam o emprego “tradicional” para abrir o próprio negócio, por exemplo.

Obstáculos que podem dificultar a transição de carreira

Toda mudança traz consigo situações inesperadas. E para o profissional que nunca passou por uma transição de carreira isso pode ser um obstáculo muito difícil de superar, e até mesmo de enfrentar.

O sentimento de insegurança é muito comum nessas situações, mas a pessoa precisa controlar os sentimentos e não se deixar abalar. Esse cenário pode ser ainda mais assustador quando a mudança é forçada pelas circunstâncias. Enfrentar uma mudança desse porte não é fácil, mas pode ser feito.

O que fazer para ter uma transição de sucesso

Riscos e inseguranças são sempre inevitáveis numa transição de carreira. Mas existem algumas medidas que podem ser tomadas para mitigar esses fatores. Uma dessas medidas é identificar o que leva você a querer mudar de atividade profissional e estabelecer metas claras e definidas.

Mas além de planos, é preciso também ter o pé no chão. Planejar a transição de carreira é um dos passos mais importantes para ter sucesso. Além disso, reservar um “pé de meia” para atravessar um imprevisto, por exemplo, é algo necessário.

O ideal é que a transição aconteça de forma gradual, ou seja, não deixar a atividade atual completamente antes de que a outra esteja apresentando sinais de que vai dar certo. Por exemplo, começar a trabalhar no próprio negócio durante o tempo livre, até que possa sair do emprego com mais segurança.

Estudar, pesquisar e conversar sobre a nova área em que pretende atuar também é indispensável. Muitas vezes desprezamos a experiência dos outros, mas as dicas que podem nos dar são valiosas. Podemos ganhar tempo no processo se soubermos o que devemos fazer ou evitar.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?