Porque vale investir na África, segundo banqueiro? Entenda!

Com um bom investidor, o banqueiro Euvin Naidoo decidiu ir contra a visão do mercado de capitais e encontrou na África o melhor continente para fazer ótimos negócios.

Finanças
7 meses atrás
Porque vale investir na África, segundo banqueiro? Entenda!

Mudanças importantes na África

O continente africano para muitos é uma região de terceiro mundo que não vale a pena investir, mas para o banqueiro Euvin Naidoo a África é um ótimo negócio.

Em realidade, a África está vivendo uma fase de mudança, onde temas como a fome, corrupção, genocídio, Aids e escravidão estão sendo deixados para trás diante das novas oportunidades de negócios e investimento.

História de sucesso na África

A nova visão sobre a África começou para Naidoo quando sua professora na Harvard Business School, Rosabeth Moss Kanther, o convidou para participar de um projeto sobre um grande líder do setor público como modelo para o mundo corporativo.

A figura escolhido foi Nelson Mandela, que conseguiu tirar a África do Sul da profunda crise que se encontrava para um ciclo positivo.

O tema “Nelson Mandela: Líder da Mudança” tornou-se um importante capítulo no livro “Confiança” de Rosabeth.

O resultado foi que o livro se tornou uma história de sucesso, sendo um best-seller no New York Times e da Business Week.

A luz do continente africano

O próprio Naidoo experimentou em sua vida esta fase de mudança da África quando em 1994 decidiu parar sua faculdade e viajar durante um ano pelo seu continente.

Em Siwa Oasis no Egito o jovem sul-africano pode contemplar o céu límpido e estrelado daquelas terras.

Mais tarde, em 2002, na Conferência de Desenvolvimento da Saúde em Cambridge, Massachussetts, o mesmo jovem pode contemplar a visão do céu pelo lado oposto através de fotos de satélite.

Só que desta vez a visão da África se tornou em um imenso continente escuro, pela carência de fonte de luz artificial, enquanto a América do Norte cintilava como uma estrela.

Naidoo pode compreender que o verdadeiro valor da África estava escondido, mas que brilhava no coração de milhões de habitantes.

Tal como disse o geógrafo George Kimble: “A única coisa escura sobre a África é nossa ignorância sobre ela”.

Segundo maior continente e mais populoso do mundo

Depois da Ásia, a África é o maior continente do mundo, onde cabe com folga toda a Europa, China e EUA.

Este imenso continente é também muito populoso com cerca de 900 milhões de habitantes e mais de mil línguas e mil dialetos.

Mas essas informações não são suficientes para convencer os investidores em apostarem na África como sinal de sucesso.

Declínio da inflação

Com efeito, é preciso considerar fatores como o índice de inflação que está caindo de modo geral na África, chegando a apenas um dígito em alguns países:

  • Zâmbia: 18% para 9%
  • Egito: 16% para 8,4%
  • Nigéria: 16% para 8%

Oportunidades de investimentos

Para investir na África é preciso ter em mente que não se trata de um país, mas de 53 países com diferentes oportunidades de negócios.

A África do Sul, por exemplo, foi eleito o melhor destino para call-centers para as mil principais corporações do Reino Unido.

No Egito uma imensa área industrial está crescendo com 2.6 bilhões de dólares de investimento.

A Tanzânia está sendo palco para o encontro de agricultores do leste africano por obter as melhores condições de produtos orgânicos.

O relatório BRIC já chegou a apontar que a Nigéria estará entre as 10 principais economias do mundo. Uma das razões é que a Nigéria produz o mesmo patamar de petróleo do Kwait: de 2.2 a 2.4 barris por dia.

Mercado de capitais promissor

A África também é um excelente local para investimentos na bolsa de valores, devido aos resultados positivos que diversos países já conseguiram:

  • Egito: 145%
  • Quênia: 60%
  • Nigéria: 40%
  • África do Sul: 20%

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?