Países em desenvolvimento podem desenvolver técnicas inteligentes para oferecer serviços médicos de qualidade

O Hear Institute of the Caribbean na Jamaica é um modelo de como é possível oferecer um serviço de saúde de alta qualidade em países emergentes e com oportunidade de tratamento independente da classe social.

Saúde
4 meses atrás
Países em desenvolvimento podem desenvolver técnicas inteligentes para oferecer serviços médicos de qualidade

Centro médico africano de referência mundial

Quando pensamos nos países de primeiro mundo logo imaginamos encontrar os melhores centros de tratamento médico.

O Hospital Johns Hopkins, por exemplo, localizado em Baltimore, nos Estados Unidos, é referência mundial em serviços de saúde.

Mas um diretor de um hospital em Kingston, Jamaica, conseguiu mostrar ao mundo que é possível fornecer um sistema de saúde de qualidade mesmo em países emergentes.

Trata-se do médico Dr. Ernest Madu que com a boa vontade de ajudar desenvolveu técnicas inteligentes e apresentou seu trabalho em um TED Global.

Desamparo dos serviços de saúde africanos

Embora na África o principal responsável pelos óbitos seja as doenças cardiovasculares o investimento em saúde é praticamente ignorado.

São 32 milhões de ocorrências de ataques no coração e derrame todos os anos no mundo inteiro, sendo que 17 milhões de pessoas acabam morrendo.

85% desta estatística estão nos países em desenvolvimento e a África lidera este ranking, mesmo assim 90% dos recursos de saúde estão concentrados nos países ricos.

Nos Estados Unidos a maior parte do orçamento de saúde está destinada para o tratamento de problemas cardíaco, tanto no serviço público como no particular.

O resultado é que na média de 50 anos não sobreviveu nenhum nigeriano, em um país que a expectativa de vida está nos 47 anos.

Outra consequência é o aumento da miséria, pois a base da segurança e do desenvolvimento de uma família está em seus pais.

Tratamento médico eficiente salva vidas

É preciso ter em mente que o ataque do coração age muito rápido e sem tratamento imediato o tempo de vida é de 24hs.

Entre os fatores que contribuem para doenças cardíacas estão diabetes, hipertensão, obesidade, cigarro, sedentarismo, colesterol alto e problemas genéticos.

Mas o descaso na África chega a tanto que na Tanzânia, onde 30% da população sofrem de hipertensão, apenas 20% estão sendo tratadas e 1% tem tratamento adequado.

Dr. Madu acredita que se houvessem condições de tratamento de hipertensão na África 250 mil vidas poderiam ser salvas por ano.

Solução alternativa para o sistema de saúde africano

Para quem tem dinheiro na África é fácil conseguir um tratamento adequado viajando para países como Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos.

Mas como fica a maioria da população que vive em condições precárias? Infelizmente, as ajudas financeiras vindas de outros países não são suficientes para resolver o péssimo sistema de saúde africano.

Com efeito, Dr. Madu encontrou uma resposta mais eficiente em soluções alternativas como o desenvolvimento sustentável.

Heart Institute of the Caribbean

O Heart Institute of the Caribbean é um exemplo de como mesmo um país em desenvolvimento é possível ter um serviço de saúde com qualidade equiparável aos melhores centros médicos do mundo.

No total são 25 empregados com certificações internacionais e o Instituto oferece todas as modalidades de especializações das melhores universidades com um custo 10% menor do que feitas nos Estados Unidos.

Outro diferencial importante é que todos os doentes são atendidos, ainda que não tenham como pagar o tratamento.

Esta proeza voluntária é feita através das unidades modulares que tem multimodalidades e possuem aparelhos de alta durabilidade.

Inclusive, alguns equipamentos foram produzidos por conta própria como as unidades de doses de radiofármacos.

Lição da África para o mundo

Através de educação e tecnologia o Dr. Madu quer provar se possível oferecer um serviço de saúde de qualidade independente da classe social.

A telemedicina do instituto africano permite acesso aos médicos especialistas em qualquer parte do mundo.

Como não adianta oferecer medidas de prevenção que exigem investimento das pessoas pobres, a principal recomendação aos pacientes são as práticas de exercícios.

A questão principal é que tendo um desejo verdadeiro de salvar vidas e com escolhas técnicas inteligentes todos podem ter oportunidade de receber um tratamento digno.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?