O que são os pontos do cartão de crédito e como posso usá-los?

Ganhar milhas com cartão de crédito é uma das melhores formas de viajar gastando pouco. Mas não é apenas para viajar que os pontos do cartão servem, você ainda pode trocar por roupas, eletros e muito mais. Mas como funciona esse complexo sistema?

Finanças
4 semanas atrás
O que são os pontos do cartão de crédito e como posso usá-los?

Qual a diferença entre milhas e pontos?

A primeira coisa que você precisa entender é que milhas e pontos são coisas diferentes, embora sejam tratados como sinônimo por muita gente. Quando você utiliza o cartão está acumulando pontos, os quais poderão ser convertidos em milhas depois.

Mas esses pontos também podem ser utilizados de outras maneiras, como por exemplo para trocar por produtos, como roupas, eletros ou até mesmo por descontos na fatura do cartão por meio de cashback.

Já as milhas são recompensas exclusivas das companhias aéreas, também para “recompensar” a fidelidade de seus clientes, mas servem apenas para a aquisição de novas passagens aéreas.

O desafio de reter o cliente

O desafio de reter o cliente nunca foi tão árduo como hoje. Antigamente, garantir a fidelidade de um cliente exigia quase que apenas prestar um bom serviço. Isso não é mais tão simples assim.

Isso é ainda mais verdade quando falamos de instituições financeiras. Com o crescente número de fintecs, a concorrência tem ficado cada vez mais acirrada, e é preciso uma oferta cada vez maior de vantagens para cativar os clientes.

Cartões de crédito sem anuidade

Umas das primeiras transformações, se assim podemos chamar, no mundo dos bancos foi a oferta de cartão de crédito sem anuidade. No começo parecia até algo meio estranho. Mas hoje, o estranho é pagar anuidade do cartão.

Praticamente todas as instituições financeiras hoje oferecem um cartão de crédito sem anuidade, embora muitas delas ainda coloquem certas condições para que o cliente tenha esse benefício, como por exemplo usar o cartão ao menos uma vez por mês.

Programa de pontos, outro grande atrativo

Contudo, a simples isenção da anuidade do cartão de crédito já não seria suficiente para garantir que o cliente ficasse no banco. Era preciso oferecer mais vantagens e benefícios.

Foi então que os programas de pontos começaram a existir, e junto com eles as milhas. A cada X valor gasto com o cartão de crédito o cliente acumularia pontos que poderiam ser utilizados posteriormente.

Isso elevou a concorrência a outro nível. E os clientes começaram a ficar cada vez mais “cativados” pelos pontos. Percebendo isso, os bancos passaram a oferecer diferentes categorias de contas/pacotes, cada uma com um plano melhor de pontos.

Ou seja, quanto maior era o plano – e consequentemente a taxa de serviço – mais pontos a pessoa acumulava no cartão de crédito. Se no plano básico o cliente precisava gastar 5 reais para ganhar um ponto, no plano premium precisava gastar apenas 3 reais para conquistar o mesmo ponto.

Um mercado que não para de crescer

Esse é um mercado que não para de crescer. Esse crescimento recente se deve, em alguma medida pelo menos, ao isolamento social a que todos fomos obrigados, o que aumentou o consumo, especialmente pela internet.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf), os pontos acumulados entre os três primeiros trimestres de 2020 e o mesmo período de 2021 cresceram 29%. Já os pontos resgatados subiram 51%.

Vantagem para o consumidor, mas entenda os detalhes

Sem dúvida alguma, a concorrência entre as instituições financeiras constitui uma vantagem para o consumidor, mas é preciso ficar atento aos detalhes, para não correr o risco de pagar mais caro por um benefício que, teoricamente, é sem custo adicional.

Com isso, queremos dizer duas coisas. Primeiro, que você deve conhecer bem quais são os critérios que sua instituição financeira usa no programa de pontos. Segundo, o que você está pagando por isso.

Sendo assim, você precisa entender o seu programa de pontos, para saber se ele está compensando ou se é hora de trocar de banco, ou pelo menos de plano dentro da sua instituição financeira.

Pontos no cartão não é apenas para pessoas ricas

Ao contrário do que muita gente pensa, acumular pontos no cartão não é coisa de gente rica. Mas é preciso dedicar um pouco de tempo para entender como seus pontos são acumulados e qual o prazo de validade deles.

Em alguns casos os pontos não vencem, e você pode juntar por mais tempo. Em outros, entretanto, você precisa utilizá-los mais rápido, e neste caso vender os pontos pode ser a melhor opção. Isso mesmo, é possível vender os pontos, algumas empresas se dedicam apenas à compra desses pontos.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?