Nubank compra Easynvest e entra no ramo de investimento

Após sete anos de espera desde o seu lançamento o Nubank decidiu entrar em cheio no mercado de investimento com a aquisição da Easynvest, a maior corretora digital self-direct do Brasil.

Finanças
2 semanas atrás
Nubank compra Easynvest e entra no ramo de investimento

A revolução do Nubank continua

A revolução promovida pelo Nubank não para. Depois de sacudir o sistema bancário com o lançamento do cartão de crédito sem anuidade e da Nuconta digital, chegou a vez entrar por inteiro no mercado de investimentos.

Anunciado dia 11 de setembro, o Nubank adquiriu a principal corretora digital independente do segmento: a Easynvest.

Embora os valores da transação não foram divulgados a maior parte do pagamento será em trocas de ações e o restante em dinheiro.

Se considerar o patrimônio da corretora de R$ 20 bilhões sob custódia e com 1,5 milhões de clientes se pode imaginar que os valores pela fusão foram bem altos.

Política de democratização

De acordo David Vélez, criador do Nubank, entre as diversas razões da estratégia de compra está o enorme potencial do setor de investimentos e a possibilidade de crescer no mercado utilizando sua própria base de 30 milhões de clientes.

Um esboço do lançamento no mundo dos investimentos já havia ocorrido com a Nuconta que rende acompanhando o Tesouro Direto, mas que acabou perdendo muito o atrativo com a forte queda da renda fixa este ano.

Já com a plataforma Easynvest serão quase 450 opções de fundos de investimento, sendo que mantendo a política de democratização dos serviços oferecidos pelo Nubank.

Com efeito, é um número muito pequeno da população que tem acesso e conhecimento aos investimentos. Eis a razão que muitas pessoas ainda mantêm o dinheiro guardado na poupança apesar do fraco rendimento.

Por outro lado, muitas plataformas de fundos oferecem o rendimento do CDI só que com taxas de administração exageradas.

Estratégia de união do sistema bancário e de investimento

A Easynvest este ano já estava procurando um sócio para auxiliar no crescimento e havia contrato a orientação do banco JPMorgan.

Concorrentes como Mercadolivre, Pagseguro e BTG Pactual entraram nesta disputa, mas não conseguiram vencer a competição.

O Nubank permite que a corretora assuma desde já um novo patamar no mercado e se expanda facilmente pelo Brasil e América Latina.

O Banco Inter desde o início já enxergou essa tendência e esse ano outras empresas bancárias realizaram fusões:

  • Modalmais e Banco Credit Suisse
  • Fintech Neon Pagamento e Magliano

Processo de fusão com a Easynvest

Enquanto o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e o Banco Central não aprovarem a união, o Nubank e a Easynvest continuaram a operar independente.

Como não se trata de um negócio de junção entre dois players a expectativa é que a autorização não demore.

A próxima etapa é que os usuários do Nubank possam ter acesso aos fundos de investimentos da Easynvest.

A ideia é oferecer inicialmente poucos produtos para não confundir os clientes e aos poucos introduzir ao sistema completo da corretora.

Para o efeito um projeto de educação financeira está sendo montado para orientar os usuários do roxinho.

A Easynveste já conta com um canal próprio ,onde os economistas Dony De Nuccio e Samy Dana dão dicas de investimentos.

Crescimento contínuo do Nubank

O Nubank já é a quinta maior instituição financeira do Brasil se considerar o número total de usuários.

Mesmo com o surgimento de outras fintechs no mercado o ritmo de crescimento do cartão roxinho está cada vez mais rápido.

O resultado é que o Nubank este ano já adquiriu outras duas empresas do ramo de consultoria de tecnologia:

  • Plataformatec
  • Cognitect

O Nubank não dá lucro

Curiosamente, o Nubank com tanto sucesso chama atenção também pelas constantes notícias de prejuízos.

O primeiro semestre de 2020 registrou déficit líquido de R$ 95 milhões, mas tudo é explicado pela empresa com uma estratégia de crescimento.

Aliás, comparado com o mesmo período do ano passado a atual receita teve uma superação de 32%.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?