Novidades dos Benefícios da Caixa diante da crise

Mais da metade da população brasileira solicitou o recebimento do benefício do auxílio emergencial e a Caixa recentemente atualizou a situação dos cadastrados, bem como informou sobre as novas tecnologias utilizadas e o programa de ajuda para as empresas.

Cotidiano
1 mês atrás
Novidades dos Benefícios da Caixa diante da crise

Beneficiados pelo auxílio emergencial

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, veio a público em uma live de imprensa realizada dia 1 junho anunciar mais novidades sobre o auxílio emergencial, entre as quais está o recebimento do benefício para mais 2,5 milhões de brasileiros.

Ao todo já foram 58,6 milhões de pessoas beneficiadas pelo valor total de R$ 14 bilhões, entre a primeira e segunda parcela, divididos pelos seguintes grupos:

  • Bolsa Família – 19,2 milhões de pessoas: R$ 30,3 bilhões
  • CadÚnico – 10,5 milhões de pessoas: R$ 14,0 bilhões
  • App/Site – 28,9 milhões de pessoas: R$ 32,3 bilhões

Cadastros inelegíveis e em análise

A Caixa também atualizou a situação do total de 106,8 milhões de pessoas que realizaram o pedido do benefício.

42,2 milhões de cidadãos tiveram seu cadastro negado, sendo 0,7 milhões pelo Bolsa Família, 21,6 milhões pelo CadÚnico e 19,9 milhões pelo App/Site.

Quase 11 milhões de cadastrados ainda estão sendo analisados pela DataPrev para saber se terão direito ao benefício. Deste grupo 5,6 milhões estão passando pela primeira análise e 5,3 milhões estão aguardando uma segunda ou terceira análise.

Seja como for, todos os que forem considerados elegíveis terão direito a receber o benefício mesmo das parcelas já realizadas.

Saque da segunda parcela

Para quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril pelo aplicativo ou site da Caixa, o saque da segunda parcela está disponível através do seguinte calendário:

  • 30 de maio – nascidos em janeiro
  • 01 de junho – nascidos em fevereiro
  • 02 de junho – nascidos em março
  • 03 de junho – nascidos em abril
  • 04 de junho – nascidos em maio
  • 05 de junho – nascidos em junho
  • 06 de junho – nascidos em julho
  • 08 de junho – nascidos em agosto
  • 09 de junho – nascidos em setembro
  • 10 de junho – nascidos em outubro
  • 12 de junho – nascidos em novembro
  • 13 de junho – nascidos em dezembro

Novas tecnologias

Em média, cada dia tem 2,5 milhões de pessoas para retirar o benefício em dinheiro, com o objetivo de evitar as filas nas agências como aconteceu durante a primeira parcela.

Este número ainda fica mais reduzido se considerarmos que muitos beneficiados já estão utilizando o dinheiro através de pagamentos de contas pelo próprio aplicativo da Caixa.

Outra novidade que tem ajudado muito para o fim das filas é a tecnologia das maquininhas Getnet e Cielo para o recebimento do pagamento em estabelecimentos comerciais por meio do QR Code do aplicativo do Caixa Tem.

A Caixa alerta que para o funcionamento correto desta tecnologia é preciso deixar o aplicativo com a última versão atualizada.

Programa para empresas

Merece destaque também o Programa BEm , Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, que desonerou as folhas de salário das empresas tendo a Caixa como agente pagador do Ministério da Economia.

Até 29 de maio foram 2,8 milhões de trabalhadores beneficiados, e suas empresas respectivas por consequência, que receberam R$ 2,7 bilhões em pagamentos.

As microempresas ainda estão recebendo a vantagem do crédito PJ facilitado, com mais de R$ 6,3 bilhões de contratos de empréstimos já efetuados.

Futuro incerto da economia

Os dados apresentados pela Caixa de movimentação em busca pelo benefício mostram números surpreendentes e históricos:

  • 91,8 milhões downloads do aplicativo do cadastro
  • 110,3 milhões downloads do aplicativo Caixa Tem
  • 1,1 bilhões de visitas no site da Caixa
  • 234,0 milhões de ligações na Central 111

O programa do auxílio emergencial ainda revelou um novo cenário da crise econômica no país, uma vez que mais da metade da população brasileira se cadastrou para o pagamento do benefício voltado para famílias de baixa renda.

Embora apenas cerca de um quarto dos brasileiros tenha de fato sido beneficiado, o número surpreendeu a estimativa que o Governo tinha previsto e acabou gerando o atraso da segunda parcela.

Com efeito, o cenário nacional fica muito nebuloso se considerarmos que ainda devemos atravessar uma recessão sem precedentes no país devido à paralisação da economia e o aumento do desemprego.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?