Conheça o WhatsApp Pay que deve chegar ao Brasil

Se a promessa de Zuckerberg se realizar, o Brasil terá disponível até o final do ano o recurso de transações financeiras do WhatsApp Pay. Até o momento o único país que utiliza o sistema de transferência de dinheiro pelo aplicativo é a Índia.

Aplicativos
7 meses atrás
Conheça o WhatsApp Pay que deve chegar ao Brasil

Lançamento do WhatsApp Pay fora da Índia

O fundador do Facebook, Zuckerberg, já anunciou o projeto de trazer ao Brasil, nos próximos seis meses, o sistema do WhatsApp Pay, que por ora só está disponível na Índia.

México, Indonésia, Espanha e Reino Unido também estão na lista para o sistema de envio e recebimento de dinheiro do WhatsApp. Se de fato a promessa se concretizar, a tendência é que muito mais países adotem este novo meio de transferência.

O fenômeno do WhatsApp no Brasil

A ideia de trazer o WhatsApp Pay para o Brasil deve-se ao enorme número de usuários do país, sendo de longe o aplicativo mais usado, e já era especulada desde o ano passado.

Como o WhatsApp já domina o mercado de compartilhamento de mensagens não há dúvida de que o WhatsApp Pay terá seu destaque mesmo entre os outros sistemas de transferência de dinheiro.

Novos negócios do Facebook

Com efeito, o monopólio da empresa de Zuckrberg se expande cada vez mais e novos negócios estão sendo abertos como, por exemplo, a criptomoeda Libra e o Facebook Pay.

O Facebook Pay aceita pagamentos por meio do Stripe e PayPal e permite transferir dinheiro entre os usuários do Messenger, além de funcionar para compras de ingressos, jogos e produtos no Marketplace do Facebook.

Já a moeda de Libra foi criada tendo em vista facilitar a transferência de dinheiro para os usuários que não tem conta em banco e que não querem gastar dinheiro com taxas bancárias.

Limitações do WhatsApp Pay

Os testes com os meios de pagamentos pelo WhatsApp já funcionaram na Índia, país que lidera o número de usuários do aplicativo em todo o mundo chegando a marca de 400 milhões.

Mas nem tudo é fácil para o WhatsApp e mesmo na Índia a autorização para realizar transações por meio da plataforma tem restrições e só está liberada para atender 10 milhões de usuários.

O problema está que para o serviço financeiro funcionar precisa ser aprovado pela regulamentação de cada país.

Na Índia, por exemplo, o WhatsApp Pay recebeu licença parcial para o funcionamento através do National Payments Corporation of India.

Monetização do WhatsApp Pay

Com o anúncio de que o WhatsApp iria cobrar uma assinatura para não exibir publicidade foi mal aceita pelo público, acredita-se que o lançamento do WhatsApp Pay seja uma alternativa de monetização.

A ideia é que o WhatsApp Pay faça algo similar com o Apple Pay que obtém uma porcentagem de 0,15% das transações realizadas.

WhatsApp Pay para empresas

O crescimento do WhatsApp Business para comunicação com os clientes também deve favorecer para empresas adotarem o sistema do WhatsApp Pay para receber os pagamentos.

Para realizar transações o usuário precisa cadastrar uma única vez seus dados bancários na plataforma, o que é um sistema muito mais prático do que utilizar os boletos dos bancos digitais.

Concorrência entre os serviços de pagamento

Com toda a onda das transações digitais, a concorrência vai ficar ainda mais acirrada com a chegada do WhatsApp Pay e os próprios bancos tradicionais já estão se adaptando para não ficarem para trás.

Tanto o Itaú como o Bradesco lançaram um sistema de transferência através do teclado do celular diretamente para os contatos.

Deste modo, não é preciso abrir o aplicativo do banco para as transações. Por outro lado, o TED e o DOC continuam cobrando taxas.

Já o WhatsApp Pay quer aproveita de toda movimentação de mensagens para facilitar o envio de dinheiro e sem precisar pagar taxas.

Dúvidas sobre o WhatsApp Pay

Enquanto o WhatsApp Pay não chega ao Brasil muitas dúvidas vão continuar surgindo, entre as quais está se a moeda Libra criada pelo Facebook será utilizada como meio de pagamento.

Inclusive a própria plataforma Facebook Pay não tem confirmado o uso da sua criptomoeda e o que se sabe até o momento que a mesma deve ficar armazenada na carteira virtual chamada Calibra.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?