Confira o calendário do IPTU 2021

Os boletos deverão começar chegar para os contribuintes entre 22 de janeiro e 19 de fevereiro. O imposto poderá ser pago em parcela única com 3% de desconto em fevereiro, ou parcelado em 10 vezes. Confira!

Cotidiano
9 meses atrás
Confira o calendário do IPTU 2021

Chegará pelos Correios

Muita gente está com dúvida de como a prefeitura de São Paulo vai fazer para enviar os boletos referentes ao IPTU, mas já foi confirmado que será através dos Correios. Serão enviados dois boletos, um com valor integral do imposto com 3% de desconto, para quem preferir pagar em cota única, e o outro com a primeira parcela com vencimento em fevereiro, caso o contribuinte prefira parcelar em 10 vezes.

Calendário completo

A prefeitura de São Paulo começou a enviar os primeiros boletos para pagamento do IPTU no dia 15 de janeiro, o que deverá se concluir em 11 de fevereiro. O calendário completo poderá ser conferido no Edital que se encontra no site da prefeitura.

Caso o contribuinte perca o boleto por qualquer motivo, a partir do dia 15 de fevereiro ele está disponível no site da mesma prefeitura. Caso o contribuinte opte pelo pagamento parcelado, será enviado um único formulário da segunda parcela em diante no mês seguinte.

Escolha a data de vencimento do boleto

Uma das vantagens que a prefeitura está oferecendo é a escolha da data de vencimento do boleto para aqueles que façam a atualização dos dados cadastrais no site.

Basta informar o número do cadastro do IPTU e seguir os passos indicados. Quem não fizer a atualização ou não escolher nenhuma data específica, terá os boletos com vencimento entre os dias 9 e 14 de cada mês.

Se a data do vencimento acontecer no fim de semana ou feriado, o vencimento é automaticamente postergado para o dia útil seguinte. Claro, não haverá cobrança de acréscimo nesse caso.

Onde efetuar o pagamento?

O pagamento do boleto do IPTU pode ser efetuado nos tradicionais sistemas: agências bancárias, terminais de atendimento ou internet banking. Algumas instituições financeiras admitem o pagamento do imposto sem o boleto, mediante o número de cadastro do imóvel.

Pagamento atrasado, como fazer?

Se o pagamento do IPTU não for feito dentro do prazo, o contribuinte poderá fazê-lo depois, mas haverá incidência de multa e juros, com correção monetária. Se o caso for de inscrição em dívida ativa, poderá haver também a cobrança de honorários advocatícios.

O boleto enviado pelos Correios por parte da prefeitura não pode ser utilizado para o pagamento em atraso. Para isso, o contribuinte deverá emitir uma segunda via, a qual já terá o valor corrigido de acordo com o tempo de atraso.

Para emissão desse boleto, basta entrar no site da prefeitura e escolher “Emissão de 2ª via”. Coloque os dados correspondentes e pague o boleto numa das formas indicadas: agências bancárias, terminais de atendimento ou internet banking.

Pagar à vista ou parcelado?

Essa pergunta é muito subjetiva, e poderá encarar diversos pontos de vista. Sendo bem simplista e pragmático, o melhor é pagar à vista e ganhar os 3% de desconto. Mas se o dinheiro puder ser aplicado em algo que renda mais do que esses 3% ao longo de 10 meses, então parcelar pode ser uma opção interessante.

Ou seja, vai depender da estratégia financeira de cada um. Se você não tem nenhuma estratégia e tem o dinheiro para pagar à vista, faça-o. Do contrário, vai gastar o dinheiro e não vai ter vantagem nenhuma.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?