Como usar o Google Maps

Hoje os aparelhos GPS estão praticamente aposentados, e o Waze está dominando o gosto dos usuários. Contudo, poucos sabem que existe outra ferramenta de navegação, semelhante ao Waze, mas que conta com alguns recursos exclusivos: o Google Maps. Isso mesmo, ele não é apenas um site, mas também um aplicativo de navegação.

Internet
1 ano atrás
Como usar o Google Maps

Baixar Google Maps

Como qualquer outro aplicativo, o Google Maps precisa ser baixado e instalado no dispositivo que se pretende utilizar para a navegação. Isso é simples, rápido e gratuito. Para os que utilizam aparelhos Android basta entrar na Google Play, digitar no campo de busca “Google Maps” e em seguida baixar e instalar o aplicativo. Para os que utilizam dispositivos da Apple o procedimento é o mesmo, mas deve ser feito através da App Store.

Utilizando o aplicativo

A utilização do aplicativo é bastante intuitiva, e, no que respeita à navegação, muito semelhante ao Waze. Para iniciar uma rota insira o endereço desejado no campo de busca e depois clique em “Iniciar”.

É possível escolher entre as opções: carro, transporte público, a pé, transporte particular e bicicleta.

Além disso, o aplicativo mostrará a possibilidade de mais de uma rota. A que ele julga melhor estará colorida e as outras em cinza. Caso queira escolher a outra basta tocar sobre a linha cinza.

Sugestões do aplicativo

Uma das vantagens do aplicativo Google Maps é a ampla gama de sugestões que ele oferece ao usuário, desde transporte público, locais públicos de interesse, restaurantes, posto de combustível, e muitas outras.

Também é possível salvar locais de interesse do usuário, tais como: casa, trabalho, aeroporto e outros. Tudo de forma bastante intuitiva, simples de usar.

Qual o ponto de ônibus mais próximo?

Uma das maiores dúvidas quando nos deslocamos de transporte público é saber qual o ponto de ônibus mais próximo do local de destino. Com o Google Maps isso está resolvido.

Abra o aplicativo e insira o endereço desejado, depois de conformar note que aparecem alguns ícones de ônibus na cor azul. Clique sobre o que estiver mais próximo do destino e serão apresentadas as opções de linhas que passam por esse ponto. Em seguida é só clicar em “rotas” e depois “iniciar”. O aplicativo indicará o momento exato para desembarcar.

Vários pontos de parada, uma única rota

Outro recurso do Google Maps é a possibilidade de estabelecer mais de um ponto de parada ao longo do percurso. Para isso, basta clicar nos três pontos ao lado do campo de busca, escolher a opção “Adicionar parada” e inserir o endereço do ponto de parada intermediário. É possível acrescentar até 9 pontos de parada, e em cada um dos pontos o aplicativo perguntará se você deseja iniciar a navegação para o ponto seguinte.

Localização do estacionamento

Outro recurso que pode ser muito útil, especialmente para os mais desatentos, é a possibilidade de guardar o local onde estacionou o veículo. É só clicar sobre o ponto azul que indica sua localização atual e escolher a opção “definir como local de estacionamento”. Quando precisar regressar ao carro bastará iniciar uma nova rota de onde estiver para o “local de estacionamento” que foi salvo anteriormente.

Histórico de navegação

Quem pode dizer que nunca precisou do histórico de navegação para retornar a um local cujo endereço já não se lembrava mais? É algo bastante frequente inclusive, e com o Google Maps também bastante fácil.

Basta entrar nas Configurações do aplicativo e escolher a opção “Histórico”. Todos as últimas rotas serão apresentadas por ordem cronológica. Ainda é possível buscar por palavra no campo de pesquisa na parte superior da tela.

Reserve um lugar no restaurante

Um dos recursos mais inteligentes e que poucas pessoas conhecem é o de reservar um lugar no restaurante. A Google oferece esse serviço em parceria com o Restorando, uma base de dados que reúne mais de 700 restaurantes. Uma vez selecionado o restaurante de sua preferência – que poderá ser encontrado pela proximidade da localização atual do usuário ou pela busca por nome e/ou endereço – aparecerão as opções de reserva: data, horário, quantidade de pessoas. Na tela seguinte serão pedidas as informações de contato do usuário: nome, sobrenome, telefone e e-mail. Pronto, sua mesa está reservada.

Como utilizar o Google Maps offline

Não, você não leu errado! É possível utilizar o aplicativo no modo offline. Para isso, contudo, é necessário que antes de sair rumo ao seu destino você se conecte à internet e baixe o mapa da sua rota.

Clique sobre a opção “Seus lugares” no menu lateral e desça a tela até a opção “Área offline”. Você pode selecionar uma área no mapa e fazer o download dessa área, podendo não apenas escolher uma rota para utilizar offline como também pesquisar em toda a área do mapa que fez o download mesmo sem conexão com a internet. Esses mapas podem, e até se aconselha, ser atualizados periodicamente, e podem ser excluídos a qualquer momento.

Compartilhe suas rotas em tempo real

Uma das maiores vantagens do Google Maps é a possibilidade de compartilhar rotas com os amigos e familiares. Para isso o usuário deve, já com a rota iniciada, selecionar no menu superior a opção “Compartilhar rotas”, depois é só escolher a forma como compartilhar, que pode ser pelo WhatsApp ou por e-mail, além de algumas outras formas menos usuais.

Mas há ainda outra forma de compartilhar a rota: em tempo real. Ao entrar na opção “Compartilhar rotas” clique em “Adicionar pessoas”. Defina o período que deseja o compartilhamento e em seguida escolha em sua lista a pessoa com quem deseja compartilhar a rota. Se a pessoa não estiver em seus contatos é possível criar um link e enviar por WhatsApp, por exemplo. Assim, essa pessoa poderá monitorar o seu deslocamento em tempo real, um ótimo recurso de segurança. Em qualquer situação, a outra pessoa precisará ter uma conta Google.

Economize bateria

Esses aplicativos de navegação costumam consumir muito a bateria do aparelho, mas algumas medidas simples podem reduzir o seu consumo. Uma dessas medidas é baixar o mapa antes de começar o trajeto, assim o aparelho não precisará se conectar constantemente à internet. Outra medida seria limitar o uso de dados para outros aplicativos.

Mas há uma opção que pouca gente conhece, que é limitar a configuração da localização atual, ou seja, desativar a opção que requer que o aplicativo esteja sempre se conectando ao GPS. Para isso, vá até Configurações (abaixo à esquerda) > Configurar localização no Google > Histórico de localização do Google” e desative essa opção. Isso interromperá os processos em segundo plano e reduzirá o consumo da sua bateria.

Uma última medida para economizar bateria é a ativação da função de “Navegação orientada por voz”. Com essa opção ativada o usuário pode desligar a tela e guiar-se apenas pelas orientações auditivas. Isso com certeza economizará muito a bateria.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?