Como obter CNH Social 2021?

Conheça agora quais são as regras e condições para participar do projeto da CNH Social que alguns estados oferecem e que cobre todos os custos para a obtenção da carteira de habilitação.

Cotidiano
3 semanas atrás
Como obter CNH Social 2021?

Benefício da CNH gratuita

A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) além de ser um documento de identificação oficial tem um peso enorme para o mercado de trabalho.

Não se trata apenas para funções que exigem condução de veículo, mas também como um diferencial de facilidade de locomoção para o trabalho.

Por outro lado, muitas pessoas deixam de lado a CNH devido ao alto custo de investimento, que costuma ficar acima dos R$ 1.500.

A boa notícia para o público de baixa renda é que existe o benefício oferecido pelo Governo Federal da CNH Social gratuita e que está disponível apenas para a categoria B.

Inscrições

As inscrições para CNH social 2021 já estão abertas, mas nem todos os estados participam deste projeto de inclusão.

Estado como Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco já aderiram ao projeto.

De qualquer maneira, é preciso conferir na plataforma online do Detran respectivo de sua cidade se aparece o programa que costuma ser chamado de CNH social, CNH do Povo ou CNH Popular.

Caso seu estado não participe deste programa resta aguardar o projeto de nacionalização da gratuidade da CNH para as pessoas de baixa renda que está em trâmite este ano.

Requisitos

Para a validação do benefício da CNH Social é preciso comprovar os seguintes requisitos:

  • Maioridade de 18 anos
  • Inclusão no Cadastro Único ou de outro Programa Social do Governo Federal
  • Estudantes do ensino público ou privado por meio de bolsa integral
  • Estudantes formados e que estão desempregados há um ano ou mais
  • Renda familiar que não ultrapasse dois salários mínimos
  • Alfabetização completa
  • Carteira de trabalho com emissão de pelo menos um ano
  • Ex presidiários e agricultores que recebem até dois salários mínimos

Lista de documentos

Cabe a uma banca avaliadora do Detran selecionar aqueles que terão direito ao benefício da CNH Social, sendo que o critério de preferência é de acordo com a maior necessidade.

A comprovação da situação de baixa renda é feita através da apresentação da seguinte lista de documentos:

  • Carteira de trabalho
  • Certidão de nascimento dos filhos
  • Certidão de nascimento ou casamento
  • Comprovante de endereço
  • CPF
  • Declaração de renda familiar
  • Documento de identificação

Primeira Habilitação para o Transporte

O SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) também financia um projeto próprio que oferece a Primeira Habilitação para o Transporte – CNH Social.

Os critérios são bem parecidos com os do Detran e não é cobrado nenhuma taxa para oferecer a CNH.

As inscrições – que por ora não estão abertas – são realizadas através do portal do SEST SENAT e tem vagas limitadas.

Para os motoristas que já possuem a categoria B e precisam mudar para as categorias C, D ou E devido ao mercado de trabalho ainda há o projeto Habilitação Profissional para o Transporte – Inserção de Novos Motoristas.

CNH e CRLV digital

Uma novidade para quem obter a CNH a partir de agora é a modalidade da CNH Digital que substitui a apresentação do documento impresso.

A nova versão está disponível através do aplicativo CNH Digital tanto no App Store como no Google Play.

Uma vez baixado o aplicativo basta realizar a leitura do QR Code da CNH impressa que a versão digital é instalada.

O CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) também é oferecido pelo mesmo aplicativo de modo eletrônico, bem como a consulta de todas as infrações cometidas pela pessoa ou pelo veículo.

O aplicativo ainda conta com um canal de educação com diversas campanhas de conscientização dos riscos do trânsito.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?