Como consultar valor do IPTU 2018

Um dos muitos impostos que muitos brasileiros precisam pagar anualmente é o IPTU. Contudo, muita gente tem dúvida de como e onde consultar o valor, ou então tem dificuldade de entender para que serve esse imposto. Para realizar a consulta o procedimento é bastante simples, como veremos a seguir.

Finanças
1 ano atrás
Como consultar valor do IPTU 2018

Cadastrar o usuário

O IPTU é um imposto municipal, ou seja, o contribuinte paga para a sua cidade. Então, a consulta do valor deve ser realizada no site da Prefeitura de cada um. Para isso, será necessário criar um usuário utilizando o CPF ou, se for o caso, o CNPJ. Esse cadastro só precisa ser feito uma vez no site. Ali o usuário encontrará todas as informações necessárias sobre o seu IPTU.

O que é o IPTU?

O Imposto Predial Territorial Urbano, conhecido como IPTU, é um imposto que os proprietários de imóvel devem pagar para seu respectivo município. Esse imposto é calculado com base no valor venal do imóvel, o qual por sua vez é composto de: área da edificação; valor unitário padrão residencial, de acordo com a Planta de Valores do Município; fator idade, aplicável em razão da idade do imóvel; fator posição, de acordo com a localização do imóvel; fator tipologia residencial. Em outras palavras, é o valor que o imóvel seria vendido à vista e com urgência, um pouco abaixo do valor de mercado.

A nossa Constituição Federal, em seu art. 150, veda a possibilidade de aumento do valor do IPTU, permitindo apenas a correção monetária de acordo com as taxas vigentes, com decreto do prefeito. Caso o proprietário não esteja de acordo com o valor venal considerado pela Prefeitura, poderá entrar com um pedido de revisão junto a esse órgão. O pedido poderá ser concedido ou não, dependerá de fatores extrínsecos, como existência de benfeitorias públicas junto à região do imóvel, potencial de valorização, enfim, diversos fatores poderão influenciar na decisão.

Quem está isento do IPTU?

Via de regra todos os que possuem imóvel em nome próprio – seja pessoa física ou jurídica – estão obrigados a pagar o IPTU. Contudo, algumas pessoas poderão solicitar a isenção, entre outras, por exemplo, temos os aposentados e pensionistas, entidades culturais, agremiações desportivas e sociedades Amigos de Bairros. Estes precisarão comprovar com documentos as prerrogativas necessárias para obter a isenção.

Você está preparado para pagar o IPTU de 2018?

Uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) indicou que apenas 15% dos brasileiros entraram em 2018 com recursos para pagar as contas de início de ano com os próprios rendimentos. A maior parte utiliza o décimo terceiro para as festas e esquece que terá contas para pagar em janeiro e fevereiro.

As consequências desse modo de proceder nem sempre são boas, e muita gente fica endividada por causa dos vários impostos que devemos pagar. Sem colocar em pauta se é justo ou se traz algum benefício esses onerosos impostos, o certo é que enquanto eles forem obrigatórios não teremos outra saída senão pensar num planejamento financeiro que nos permita pagá-los sem atropelos com as demais contas. Portanto, quem não se planejou para 2018, não deixe de fazê-lo para o próximo ano.

Cotidianum

O Cotidianum é muito mais que um site, é uma ideia de levar conteúdo que acrescente utilidades aos nossos seguidores, seja com carros, dicas, gastronomia, entretenimento e muito mais para o cotidiano.

Vamos Bater um Papo?